22 de jun de 2010

Técnico francês se recusa a cumprimentar Parreira

Essas imagens já estão bombando por aí e provavelmente vão desviar um pouco o foco da polêmica entre Dunga e a Globo. No final da partida em que a África do Sul, de Carlos Alberto Parreira, derrotou por 2 a 1 patética seleção francesa, o técnico Raymond Domenech recusou o cumprimento do brasileiro.



Como se sabe, até em Desafio ao Galo os técnicos se cumprimentam quando termina o jogo. Mas Domenech, que dirigiu os Bleus na maior sucessão de fiascos da história do futebol francês, dentro e fora do campo, provou não ter nível nem para comandar equipes da várzea.

Supostamente sua reação ridícula foi motivada por uma declaração que Parreira teria dado meses atrás no sentido de que a "França não merecia estar no Mundial". Declaração esta da qual o próprio Parreira não se recorda. Cá entre nós, se ele disse isso mesmo não falou mentira alguma, não é mesmo? Aliás, a campanha francesa praticamente confirmou isso.
Pin It

Nenhum comentário: