Pular para o conteúdo principal

As 9 Façanhas do Corinthians em 2009

Não me refiro às conquistas do Paulistinha e muito menos da Copa do Brasil, torneios de menor expressão que já foram vencidos por equipes como Internacional de Limeira e Santo André, respectivamente. As verdadeiras “façanhas” do meu amado Timão foram no Campeonato Brasileiro, cujo final se avizinha. Tive a pachorra de elencá-las:

1. O Corinthians conseguiu perder todos os 6 pontos disputados com o já rebaixado Náutico.
2. Também conseguiu perder todos os 6 pontos disputados com o Atlético-PR, ameaçado de rebaixamento até a última rodada do torneio (embora tenha tudo para se safar).
3. Dos 6 pontos disputados com o Avaí, clube “café-com-leite” que não jogava a Série A do Brasileirão desde 1979, o Corinthians conseguiu perder 5.
4. Conseguiu ser goleado em casa, com o Pacaembu lotado, por 3 a 2 pelo Náutico, pelo Atlético-PR por 3 a 1 e pelo Goiás por 4 a 1.
5. Conseguiu sofrer 3 ou mais gols em uma mesma partida  em 9 oportunidades, jogando contra 9 adversários diferentes, lembrando que 20 equipes disputam o Brasileirão. Destes 9, o Palmeiras foi (é ainda) o único com reais chances de ser campeão. Em contrapartida, só marcou 3 ou mais gols numa mesma partida 4 vezes: contra São Paulo, Fluminense, Sport e Botafogo, sendo que os 3 últimos passaram o campeonato praticamente inteiro na parte inferior da tabela.
6. O Corinthians, até a 37ª rodada, conseguiu ser o detentor do 3º pior ataque da competição dentre 20 clubes (47 gols marcados em 37 jogos, média de 1,27), inclusive os já rebaixados Náutico e Sport.
7. É o 7º clube com o maior número de derrotas (14), atrás de times como Avaí (11), Goiás, Barueri, Santos e Botafogo (13 cada).
8. Conseguiu também ter o 4º pior saldo de gols (-7) dentre 20 equipes.
9. Das outras 3 equipes que foram promovidas em 2008 para a 1ª divisão junto com o Corinthians, o Timão corre o risco de só conseguir ficar à frente do Santo André em 2009. Já não consegue mais alcançar o Avaí e pode ser ultrapassado pelo Barueri na última rodada.

Agora, como um time desses vai conseguir apresentar um futebol competitivo na Libertadores da América de 2010, que começa no final do mês que vem, é um solene mistério. O irônico é que foi justamente por ter conseguido a vaga na Libertadores ao vencer a Copa do Brasil que o time “relaxou” e fez esse papelão no Campeonato Brasileiro. Quem foi ao estádio pagando ingressos caríssimos ou comprou o pay-per-view, como eu, fez papel de otário. Antes tivéssemos deixado a vaga antecipada na Libertadores com o Inter...

Foto: Keiny Andrade/AE

Atualizações após o término do campeonato:
5. Venceu também o Atlético-MG, na última rodada por 3 a 0.
6. Acabou o torneio com o 7º pior ataque (50 gols).
8. Teve o 8º pior saldo de gols (-4).

Comentários