Pular para o conteúdo principal

"Rita Mae" - Eric Clapton

Em 1983, no Royal Albert Hall de Londres, aconteceu o A.R.M.S Concert, um show beneficente em prol de pesquisas para o tratamento da esclerose múltipla (Action into Research for Multiple Sclerosis), doença que acometeu o já falecido Ronnie Lane, ex-baixista do The Faces e do Small Faces, organizador do evento.

Eric Clapton, Jimmy Page e Jeff Beck foram as estrelas da noite, cada qual com um set próprio e no final todos tocando juntos no encerramento do show (mais ou menos como ocorre hoje em dia com o G3 encabeçado por Joe Satriani). Os Stones Bill Wyman e Charlie Watts, entre outras feras, fizeram a "cozinha", mas quem roubou a cena, como o próprio Clapton brinca, foi Ray Cooper, percussionista absolutamente sensacional, que por volta dos 4:05 do vídeo abaixo faz um solo de cair o queixo (GAP:  a Lá e eu vimos ele e o Clapton bem de perto em 1991, no finado Olympia; sorte minha que não nos conhecemos naquela noite...).





Uma curiosidade. A guitarra que Clapton está empunhando nessa música é uma Gibson Explorer, raramente utilizada por ele ao vivo. No Cream Clapton usava várias guitarras Gibson, principalmente Les Paul, SG e Firebird, mas desde quando a banda acabou, passou a preferir Fender Stratocaster, especialmente sua querida Blackie, que aparece na capa de vários ábuns, como Time Pieces e Just One Night.

A música "Rita Mae" integra o obscuro (mas excelente) álbum Another Ticket, lançado em 1981. A letra é bem fraquinha, típica do "universo bluseiro", mas aí vai para quem quiser treinar o ingrêis.

"Rita Mae, Rita Mae, come and visit me today.
Rita Mae, Rita Mae, come and visit me today.
I'll do anything you want, give you anything you say.

I saw you out walking with your other man today.
I saw you out walking with your other man today.
If I catch you one more time, I'm gonna blow you both away.

Rita Mae, Rita Mae, I'll see you one more time today.
Rita Mae, Rita Mae, I'll see you one more time today.
When I've finished what I've done, gonna come and drive you away."

Comentários