Pular para o conteúdo principal

Honoráveis Bandidos

Fiz um curso no fim de semana que abordava diversos assuntos relacionados ao mundo editorial, dentre eles o direito autoral. A palestrante que tratou deste assunto foi a Dra. Maria Luiza Egea, especialista na matéria.

A apresentação dela foi bastante interessante, especialmente em razão dos casos práticos abordados (case é pedante demais, me recuso), e por antecipar que uma nova legislação está a caminho no Brasil, embora não tenha tido tempo de entrar em maiores detalhes.

No final, após responder a uma pergunta relacionada às biografias "não autorizadas", comentou que toda vez que passa em frente a uma livraria entra para verificar se o livro Honoráveis Bandidos (Geração Editorial, autor: Palmério Dória - 208 pg.) já foi recolhido. Não que ela queira que seja recolhido ou tenha algum interesse subjacente, mas como já viu outras obras serem censuradas por muito menos, está estranhando nenhuma providência ter sido tomada ainda.

Do alto de minha ignorância, só anotei o nome do livro e fiz cara de inteligente (sem sucesso, obviamente), pois nunca tinha ouvido falar nesse título e muito menos no autor. Hoje, quando fui passar a limpo minhas anotações, fui atrás do livro na internet e agora entendo a estranheza da Dra., ainda mais se considerarmos o que o Estadão está enfrentando...


Comentários

Anônimo disse…
e além de não ter sido recclhido, ele está na lista dos mais vendidos da veja, Época, Folha de S.Paulo... e já faz 4 semanas.